quinta-feira, 8 de abril de 2010

Morchella spp.

As assetas, pantorras, morchelas, entre outras designações populares são um cogumelo que surge pela época da Páscoa em Portugal e particularmente em Trás-os-Montes. Aqui na Terra Fria Transmontana prefere os locais mais quentes, as ribeiras dos rios, crescendo por entre a floresta autóctone formada por Quecus rotundifolia (xardão ou azinheira), Acer monspessulanum (zelha), Ulmus minor (negrilho) entre outras árvores e arbustos, preferindo locais com solo mais fértil onde outrora se encontravam terrenos de cultivo como os chamados eidos.
 Embora aparentem ser uma só espécie, por cá existem pelo menos 3 espécies: Morchella conica, Morchella esculenta e Morchela elata, mas este género é constituído mais de 50 espécies segundo alguns autores, embora outros o restrinjam a 4-5 espécies. Estão largamente distribuídas pela Europa e América.
É um cogumelo com elevado valor gastronómico e muito apreciado pela alta cozinha, como a francesa.
Por cá, não é fácil encontrá-las, os locais onde nascem são restritos, alguns deles poucas pessoas os conhecem, pois quem os descobre guarda-os em segredo. É preciso uma óptima preparação física e estar disposto a romper por silvas, mato denso, rochas  para poder saborear este requinte.



Sem comentários: