segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Etnobotânica da Moimenta da Raia: a importância das plantas numa aldeia transmontana

Autores: Carvalho, Ana Maria; Lousada, José Basílio; Rodrigues, Ana Paula, IPB
Data: Set-2001

Resumo:

Na aldeia raiana da Moimenta, concelho de Vinhais, Trás-os-Montes, foram realizadas entrevistas informais a dois grupos de habitantes com o objectivo de identificar e catalogar as utilizações mais comuns da flora local, bem como as tradições e tecnologias agrárias associadas. Os inquiridos foram seleccionados por ser consensual na aldeia o seu grande conhecimento dos usos tradicionais das plantas. Cada grupo é constituído por três elementos, distinguindo-se pelo facto de terem estado sempre ligados à aldeia e à actividade agrícola (Grupo I) ou por terem vivido e exercido vida activa fora do termo (Grupo II). O trabalho de campo decorreu de Fevereiro a Novembro de 2000 e implicou, para além da recolha, identificação e herborização do material vegetal, o registo de todas as utilizações e receituários e a participação em diferentes tarefas relacionadas com a actividade agrícola ou com a colheita e manipulação de plantas. Os resultados disponíveis permitem estimar a existência de cerca de uma centena de espécies vegetais, outrora fundamentais no dia a dia da população, pelo seu carácter alimentar, condimentar, medicinal, utilitário, veterinário, mercantil, recreativo e mágico. Relevante neste trabalho foi o entusiasmo manifestado pelos elementos dos grupos e por uma grande parte dos residentes, apesar da contínua erosão dos saberes e usos tradicionais. Este interesse da população pôde ser avaliado pela iniciativa conjunta de semear um talhão de linho, com vista à observação e descrição do ciclo do linho, cultura muito antiga na aldeia e actualmente inexistente.


Artigo completo disponível em: http://hdl.handle.net/10198/916

Sem comentários: