sábado, 24 de janeiro de 2009

Etnobotânica do Parque Natural de Montesinho

Com alguma regularidade serão apresentados alguns trabalhos científicos relacionados com a região.

Etnobotânica do Parque Natural de Montesinho. Plantas, tradição e saber popular num território do nordeste português (clique para aceder ao documento)

CARVALHO, A. M. - Etnobotánica del Parque Natural de Montesinho. Plantas, tradición y saber popular en un territorio del nordeste de Portugal. Madrid: Universidad Autónoma de Madrid, 2006. p. 456. Dissertação de doutoramento em Biología Evolutiva y Biodiversidad

Um saber milenar que transitou de geração em geração e que revela a complexidade e singularidade da cultura transmontana, é comprovado por este trabalho exaustivo em que é feito um levantamento das plantas utilizadas pela população para os mais diversos fins, são um total de 354 espécies de plantas vasculares, das quais 55% são silvestres, 19 espécies de fungos e um líquen, a que correspondem 848 usos organizados em dez categorias principais e 626 nomes vulgares.
Trabalhos destes são fundamentais para a preservação deste conhecimento tradicional em vias de se perder .

Sem comentários: